Contos Eróticos

[Conto Erótico] Colega de quarto

Meu nome é mari, tenho 18 anos faço faculdade longe da minha cidade e por isso fico em um apartamento minúsculo que aluguei com minha amiga

mili nos somos do tipo nerd gostosas que é viciada em séries mais tem um corpão seios grandes bunda media a dela maior que a minha mais a minha também não saí perdendo não. Como a gente faz faculdade não sobra muita grana e tempo pra saí pra balada e como eu disse a gente é mais de ficar em casa. Mais nesse dia a gente ia comemorar um niver de uma amiga então nos duas formos de vestidinhos pretos altura da coxa quase revelando segredos. Na festa tinha muitas bebidas como qualquer festa a mili não quis bebe mais como tinha coquetéis resolvi provar e estava tão bom quando notei já tinha acabado o terceiro não estava desmaiada no quanto mais estava meio alta cambaleando ai a mili fala “hora de ir pra casa gata VC já tá bêbada mostrando oque não deve” quando ela disse isso olhei para o meu vestido já tá um pouco pra cima ai concordei e fui chegando em casa pedi pra ela tirar meu vestido que tinha zip atrás quando ela fez pedi pra tirar também meu sutiã que tava me incomodando quando ela terminou tava só de calcinha ainda meio alta por causa das bebidas fiquei com sono mais não queria dormir só então fui atrás dela tirei seu vestido e ela não falou nada já no sutiã demorei mais porque minhas mãos não aceitava meus comandos e vendo minha demora riu e o tirou Facilmente olhando aqueles seios sinto um leve tesão então ela diz que vai para o quarto dormir pois esta cansada nos despedimos mais quando estou deitada só consigo pensar naquele corpo então vou até o quarto dela e abro a porta bem divagar quando a vejo deitada com o cobertor só até a bunda mostrando aqueles seios quando ela escuta a porta olha pra mim e fala ” oque foi VC tá bem?” eu respondo “tô bem deixa eu dormir aqui por favor não quero dormir só hoje” ela fala ” tá bom deita ai” eu sorrio e dou um gritinho de animação quando deito coloco o cobertor na mesma altura que esta nela eu deito atrás dela e então não resisto e a abraço e ficamos deitadas só de calcinhas minha mão muito delicadamente vai subindo da sua barriga até seu seio e toco os bicos de leve quando sinto eles arrepiarem não resisto viro ela de frente pra mim e à beijo ela retribui um pouco quando abre a boca pra respirar eu enfio minha língua na boca dela e o beijo vai ficando mais quente minhas mãos amassando seus seios e as delas os meus e eu começo a desce uma das minhas mãos até chegar na sua calcinha e ela imita meus movimentos quando chego na sua calcinha enquanto a beijo e chupo seu pescoço descendo em direção a seus seios ela segura nos meus cabelos minha mão mexendo na sua bocetinha molhada girando aquele botão rosa enquanto chupo seu peito quase até machucar começo a lamber e morder delicadamente enquanto ela gemi segurando e puxando meu cabelo dizendo o quanto sonhou com isso quando ela diz isso entro em desespero eu quero dar todo o prazer pra ela eu levanto fico de joelhos na cama tiro a minha calcinha e depois começo a tirar a dela com tiro olho nos olhos dela e falo “essa noite é toda pra vc” e meus olhos vão passando por aquele corpo seios grandes do bico rosado barriguinha seca ate chegar aquela bucetinha sem pelo nenhum e me abaixo e começo lambendo aquele botão rosa lindo e passar minha lingua ao redor só pra deixa lá mais excitada coloco um dedo dentro dela é tão quente e macio começo a chupar enquanto coloco mais um dedo bombeando no ritmo em que eu chupo vendo o quanto ela geme e empurra minha cabeça para o meio de suas pernas sei que elas está vindo então chupo com mais força e enfio minha lingua tirando os dedos quando ela goza pra eu poder beber tudo quando ela para de tremer caí na cama cansada e eu deito da altura de e a beijo pra que ela sinta o gosto do gozo dela e nós dormimos de conchinha até o dia seguinte quando ela me acorda pra me recompensar pela noite.

Previous post

Agarrando a gostosa na cozinha

Next post

Agarradas quase gozando

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *