Contos Eróticos

[Conto Erótico] Peguei minha cozinheira gostosa

Meu nome é Vanessa,mas todos me chamam de Vanny.Tenho 19 anos,e essa história “acontece”
desde quando eu tinha 18.
Não tenho um corpo de Panicat,mas tenho seios grandes naturais e um corpinho gostosinho
até.

Tenho um amigo,chamado Denner,que confesso,já me deu noites incríveis de prazer,mas,nem
se compara ao que essa mulher pode me proporcionar.
Era Sexta – Feira,e eu liguei para o Denner,perguntando se poderia ir na casa dele,levar algumas
cervejas pra darmos boas risadas e quem sabe depois,transar um pouquinho.Ele concordou.
Já eram 19:00,então passei no mercado,comprei umas latinhas,e umas bebidinhas a mais,e fui
para a casa dele.
Cheguei lá,e para a minha surpresa,a cozinheira dele ainda não tinha ido embora.
– Vanny,essa é a Luana
– Prazer em te conhecer linda
– O prazer é meu
Sentei na sala e fui beber com Denner enquanto ela terminava de arrumar algumas coisas
e atende algum telefonema no celular.
– Denner,hoje eu não vou poder ir embora,terei que ficar por aqui,eu tinha me esquecido,
e o pior,seus parentes chegaram de longe e estão pedindo para você visitá-los.
– Droga,eles sempre estragam meus esquemas – Disse ele nervoso
Fiquei tensa,pois ele morava longe,e eu não teria como voltar também.
– Vocês vão comigo? Perguntou Denner
– Dê,eu fico por aqui mesmo,se não tiver problema – Disse
– Ok Vanny,fiquem,e eu vou.. Talvez só volte amanhã,me desculpa,sério – Disse ele já trancando a porta
Comecei a conversar com Luana,ela era da minha altura,com um cabelo loiro até a cintura
e um corpão de dar inveja,mas,nem me passou pela cabeça fazer algo com ela…
De repente,o alcool começou a subir,e eu fui ficando com muito calor,tirei a jaqueta,deixei meu decote
aparecendo,afinal,estávamos entre mulheres.
Mas não era suficiente,eu achava que ia dar pro Denner,então,estava com muito tesão e vontade
de me satisfazer.
Comecei a massagear os seios enquanto ela estava distraída com a televisão,e os meus biquinhos ficaram
visivelmente duros.
Ela olhava as vezes,e disfarçava,e do nada,pediu licença pra mim.
Deixei ela ir,fiquei vendo tv e tocando meus seios,mas resolvi levantar pra ir ao banheiro.
Passei pela porta do quarto,e vi a cena mais excitante que podia ver…
Ela estava só de calcinha e camiseta,mas com os peitos de fora,com a mão toda enfiada por baixo
da calcinha,esfregando bem rápido a xoxotinha.
– Então você gosta de fazer carinho na xoxotinha ?
Ela ficou toda vermelha,e tentou se explicar,com um sorrisinho malicioso.
– Deixa eu fazer carinho pra você então…
Me aproximei dela,dando um beijo de língua bem gostoso e encostando ela na parede do quarto,
mordi o pescoço dela de leve,fui descendo,lambi o biquinho do seio dela,chupei bem gostoso,suguei
os peitos dela até ela gritar de tesão.
Coloquei a mão na bucetinha dela por cima da calcinha,que estava até transparente de tão melada,
então coloquei por baixo e comecei a tocar uma siririca bem gostosa pra ela,naquele grelinho
todo meladinho.
– Vi você tocando os peitos Vanny,me deixou com uma vontade…
Falei pra ela matar toda a vontade,coloquei os seios pra fora,e ela começou a chupar bem gostoso
e com força,como se estivesse louca pelos meus peitos,e enquanto ela me chupava eu continuava
tocando bem gostosa a bucetinha dela.
Ela falou que estava quase gozando,então eu parei de tocar a bucetinha dela,deitei ela no chão,tirei a
calcinha dela,e lambi desde o cuzinho até o grelinho dela,e ela gemia falando o meu nome,o que foi
me dando mais tesão ainda,então comecei a sugar a bucetinha dela,enfiar a língua toda dentro
e brincar com o grelinho dela na pontinha da minha língua,fazendo ela perder o fôlego,até ela
gozar na minha boca.
Lambi todo o melzinho,e ela não parava de pedir mais…
Coloquei a língua no cuzinho,e ela ficou toda arrepiada,então enfiei um dedo,e ela pediu
pra eu foder pelo cu e pela xoxota,então enfiei um dedo na bucetinha dela e comecei a meter
bem gostoso,enquanto masturbava com a língua,e fiz ela gozar pela segunda vez.
Ouvimos um barulho na porta,então ela se vestiu,e eu coloquei a saia,porém sem calcinha…
Ela sentou no sofá,e eu sentei com a bucetinha toda melada em cima do dedo dela,e enquanto ele chegava
e pensava que nada tinha acontecido,ela ficava metendo em mim sem ele perceber…Mas uma hora
ele viu,e eu fui fodida pelos dois… Mas essa história eu conto depois…
Uma chupada bem gostosa na xoxota ou no pau de quem leu…

Previous post

Namoro entre mulheres

Next post

Experimentando o lesbianismo pela primeira vez

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *